Recursos Silvestres

Para o Aproveitamento dos Recursos Mediterraneos

Novidades Post New Entry

Plano de forma??o apicola 2013

Posted by cris on December 11, 2012 at 10:25 AM Comments comments (0)

No intuito de satisfazer a crescente procura do conhecimento na área apícola a Associação de Defesa do Património de Mértola em parceria do Centro de Excelência para a Valorização dos Recursos Silvestres Mediterrânicos e a Associação de Apicultores do Parque Natural do Vale do Guadiana, preparam para o ano de 2013, um plano de formação apicola. Desta forma está-se a contribuir para a Edificação da Fileira do mel, setor em forte expansão que se pretende cada vez mais competitivo e apto face aos novos desafios. A iniciativa está enquadrada no PROVERE – Valorização dos recursos silvestres do Mediterrâneo . Para mais informaçôes, consulte: https://pt-pt.facebook.com/adpmmertola e www.cevrm.pt/

Avis Mellífera 2011

Posted by cris on November 29, 2011 at 7:00 PM Comments comments (0)

As Jornadas técnicas apícolas subordinadas ao tema "Apicultura, Polinização e Biodiversidade” têm lugar no próximo dia 3 de Dezembro no salão da Junta de Freguesia de Avis. A iniciativa tem início marcado às 9h30.

Para mais informações contactar: www.cm-avis.pt

 

Turismo Apícola - APITURISMO

Posted by Osvaldo Pantaleão Silva on July 13, 2011 at 12:28 AM Comments comments (0)

Retirado do Blog: http://montedomel.blogspot.com/

Turismo com abelhas - a apicultura dá o mote à criação de uma nova tipologia do Turismo: o Apiturismo.

Foi recentemente aprovado pelo Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Turismo e Hotelaria, (ESTH) do Instituto Politécnico da Guarda, um projecto de investigação inédito a nível mundial, no âmbito do Mestrado em Gestão e Sustentabilidade no Turismo, que versa sob o papel do Turismo Apícola como Factor de Desenvolvimento Local. A orientação está a cargo do Professor Doutor Manuel Salgado, investigador doutorado em Turismo e coordenador do mestrado em apreço, e a co-orientação é assegurada por um especialista nacional, Dr. Joaquim Pífano, biólogo e técnico de reconhecido valor no sector apícola português.

O trabalho, a levar a cabo pelo mestrando João Teixeira Gomes, licenciado e pós graduado pela ESTH, pretende demonstrar que a simbiose entre as actividades turística e apícola despertam relevantes interesses em diversos segmentos do mercado turístico, por se tratar de actividades essenciais à sustentabilidade e competitividade no desenvolvimento local, pelo verdadeiro impacte a nível económico, social e ambiental. Pretende-se ainda promover a criação de emprego qualificado através da geração de rendimento numa base local, que garanta um contributo essencial à preservação ambiental porque as abelhas actuam como polinizadores naturais de espécies nativas e cultivadas, preservando-as e consequentemente contribuindo para o equilíbrio do ecossistema e manutenção da biodiversidade, do mesmo modo que valoriza a cultura e as gentes locais.

O desenvolvimento do trabalho de investigação, será no decorrer do mesmo, tornado público através do site www.turismoapicola.com.

João Teixeira Gomes

Utiliza??o do timol na luta contra a Varroa em Portugal

Posted by pedro franco on April 1, 2011 at 5:04 AM Comments comments (3)

O Link Abaixo apresentado é para download de um panfleto concebido por António Manuel Coelho Murilhas  com as seguintes informações:

1. Revela o que é a Varroa, como se poderá diagnosticar e qual o significado para as colónias que parasita e

2. Explica qual o significado do timol na luta contra a Varroa, quando deverá ser aplicado, quais os principais aspectos a considerar (e cuidados a ter) na sua aplicação, como o aplicar nas colónias, qual a possibilidade de introduzir residuos inaceitáveis nos produtos apícolas e que resultados esperar, no contexto nacional, de tratamentos efectuados com timol.


http://www.dzoo.uevora.pt/index.php/dzoo/content/download/492/4833/version/4/file/Timol+%28Desdobr%C3%A1vel%29.pdf



Colmeias Warre

Posted by pedro franco on March 30, 2011 at 6:21 AM Comments comments (3)

Em contradição com as colmeias de última tecnologia apresentadas aqui pelo Osvaldo da Apiguadiana, deixo vos agora com uma solução bem menos tecnologica, mas que poderá ser uma boa opção para aqueles que se querem iniciar sem  grandes investimentos de capital ou de manutenção.

Tratam-se das colmeias Warre.

Uma colmeia Top-bar , isto é sem quadros, apenas tiras de madeira pelas quais as abelhas constroem os seus favos.

Este sistema foi construido em França por Emile Warré (1876?-1951) que após experimentar 350 tipos de colmeias, elegeu este modelo pela sua simplicidade, economia, e por ser um sistema "amigo das abelhas"


Aqui ficam mais alguns links para explorar este sistema:

http://thebeespace.net/warre-hive/

http://thebeespace.files.wordpress.com/2008/12/beekeeping_for_all.pdf

http://thebeespace.net/2008/07/30/introduction-warre-beehive-construction-guide/

http://thebeespace.files.wordpress.com/2008/12/warre_hive_plans_english.pdf


O decl?nio da popula??o de abelhas

Posted by Osvaldo Pantaleão Silva on March 25, 2011 at 9:51 PM Comments comments (0)

PÚBLICO

As abelhas, das quais depende mais de metade das culturas agrícolas que alimentam o mundo, estão a desaparecer, "bombardeadas" por ameaças que vão da poluição às doenças, alerta hoje um relatório da ONU. O declínio tornou-se global.

"Os seres humanos fabricaram a ilusão de que, no século XXI, têm o progresso tecnológico necessário para serem independentes da natureza. Mas as abelhas mostram que estamos mais, não menos, dependentes dos serviços prestados pela natureza, num mundo perto dos sete mil milhões de habitantes", comentou hoje Achim Steiner, director-executivo do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA), em comunicado.

Actualmente, das cem espécies de culturas agrícolas que fornecem 90 por cento dos alimentos do mundo, mais de 70 são polinizadas por abelhas. Na Europa, há quatro mil variedades de vegetais que só existem graças à polinização, salienta o relatório "Global Bee Colony Disorders and other Threats to Insect Pollinators".

O valor económico global da polinização, serviço prestado pelas abelhas, estará entre os 22,8 e os 57 mil milhões de euros, segundo o PNUA.

O declínio das abelhas é um problema latente há, pelo menos, 40 anos. Na Europa, a gravidade subiu de tom desde 1998, especialmente na França, Bélgica, Suíça, Alemanha, Reino Unido, Holanda, Itália e Espanha. Nos Estados Unidos, nunca houve tão poucas colmeias nos últimos 50 anos como agora. Os apicultores chineses começaram recentemente a registar "vários sintomas inexplicáveis e complexos de perdas", revela o relatório. Um quarto dos apicultores no Japão "viram-se recentemente confrontados com perdas súbitas das suas colmeias". E em África, mais concretamente no Egipto, apicultores ao longo do rio Nilo têm dado conta de sinais de "colapso" nas colmeias.

Não há uma, mas várias explicações para o fenómeno. De acordo com o relatório, existem hoje novos tipos de fungos patogénicos, potencialmente mortais para os insectos, e que viajam pelo planeta graças à globalização. A varroa, parasita que ataca as colmeias, é especialmente preocupante.

Entretanto, cerca de 20 mil plantas com flor - das quais se alimentam as abelhas - poderão desaparecer nas próximas décadas. Para agravar o cenário, a poluição do ar pode estar a interferir com a capacidade destes insectos encontrarem as plantas onde vão buscar alimento. Os aromas que, no século XIX, se propagavam por mais de 800 metros, hoje não vão além dos 200 metros a partir da planta.

Além disso, as abelhas enfrentam a ameaça do uso mais intensivo dos químicos na agricultura e das alterações climáticas que podem alterar os períodos de floração e das chuvas. Outra ameaça são as espécies invasoras, como as abelhas africanas nos Estados Unidos e a abelha asiática na Europa.

O relatório fala ainda dos campos electromagnéticos, de fontes como as linhas de electricidade, que podem alterar o comportamento das abelhas.

Os autores do relatório - coordenados por Peter Neumann (do Centro suíço de Investigação sobre Abelhas) e Marie-Pierre Chauzat (da Agência francesa para o Ambiente) - pedem incentivos aos agricultores e apicultores que recuperem os habitats das abelhas e que tenham cuidado com os períodos de aplicação de insecticidas, por exemplo.

http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1484180

 

A colmeia do futuro?

Posted by Osvaldo Pantaleão Silva on March 25, 2011 at 9:29 PM Comments comments (0)

Termocolmeia - Apisystems

Um novo conceito de colmeia, fabricada com materiais e design muito diferentes do que estamos habituados.

A Termocolmeia foi apresentada em Portugal no passado dia 26 de Fevereiro em Macedo de Cavaleiros, aquando do APIOCASIÃO. O evento contou com a presença de Jean Borel, um dos criadores e responsável pela promoção e venda deste equipamento.

Segundo o folheto de promoção da colmeia:

A termo colmeia apisystems é uma colmeia pastoral multifunções de nova geração destinada á produção de mel, geleia real, criação de rainhas , colheita de polen e para a pesquisa. Termo colmeia é reconhecida pela sua fácil utilização, pelo seu formato e tambem pelas suas 6 caracteristicas principais que permitem um significativo aumento da produtividade e das condições de trabalho dos apicultores.

1.Termo isolamento reforçado

2.Respiração e ventilação

3.Multifuncionalidade / formato

4.Identificação por chip electrónico

5.Evolutiva

Saiba mais em: http://apisystems.wordpress.com/2011/03/04/termo-colmeia-uma-ferramenta-completa-e-polivalente/

 

Programa Sanit?rio Ap?cola 2011

Posted by Osvaldo Pantaleão Silva on March 25, 2011 at 9:08 PM Comments comments (0)

O Programa Sanitário Apícola 2011 já se encontra disponível no site da DGV em:

http://www.dgv.min-agricultura.pt/xeov21/attachfileu.jsp?look_parentBoui=65823&att_display=n&att_download=y

Este Programa foi elaborado pela Direcção Geral de Veterinária ao abrigo do Decreto-Lei nº 203/2005 de 25 de Novembro, visando o estabelecimento das medidas de sanidade veterinária para defesa do território nacional das doenças das abelhas, bem como dos requisitos a que devem obedecer as zonas controladas.

 


Recent Videos

796 views - 0 comments
513 views - 0 comments
741 views - 1 comment

Upcoming Events

No upcoming events

Translator

Partilhar

Share on Facebook